terça-feira, 30 de julho de 2013

Se o povo de Amor à Vida fosse jornalista


Félix – é a colunista de fofoca má, famosa pelo bordão “Eu salguei a boca-livre”.

Nicole – é a foca que recebe a desesperadora notícia de que tem apenas seis minutos para o deadline.

Patrícia – desiludida com os empregos de carteira assinada, é a repórter que decide viver de frilas.

Amarilys – é a jornalista que aluga seu MTB para dois amigos não jornalistas que desejam criar uma revista.

Valdirene – faz de tudo para ficar rica. Estuda Engenharia, Medicina, mas não consegue se livrar da vida de jornalista.

Lutero – com dificuldades para ler o teleprompter, é o experiente âncora de TV afastado da bancada por estar “velho”.

Atílio – é um ministro do STF que, ao sofrer uma acusação de sonegação fiscal, fica abalado, perde a memória e assume a identidade de um jornalista sem diploma.

Tetê Parachoque-Paralama – foi uma famosa “moça do tempo” na TV Tupi e, hoje, escreve num jornalzinho de bairro.

Perséfone – aos 37 anos, está subindo pelas paredes da redação para conseguir assinar a primeira matéria de capa da sua vida.

César – é o pai que não consegue aceitar que o filho jornalista é, sim, colunista de fofoca.

Michel e Bruno – são os jornalistas bonitões da TV, mas que quando abrem a boca para fazer uma passagem, meus Deus, troço ruim da porra.

Paloma – é a repórter que passou 13 anos procurando a agenda de telefones perdida no banheiro de um bar e, quando a encontra, percebe que está tudo desatualizado.

Ninho Chupetinha – é o jornalista clássico: desapegado ao dinheiro e a uma vida careta.


Já comprou o livro do Duda Rangel? Conheça a loja aqui, curta, compartilhe. Frete grátis para todo o Brasil.

Curta a página do blog no Facebook aqui.

11 comentários:

Beatriz Cantarino disse...

Consegui comentar pela 1ª vez!!
Quero aproveitar essa oportunidade pra mandar um beijo pra minha mãe, pro meu pai, pra minha vó (aproveitando que essa semana foi o dia dos avós.. beeeijo vó!! eu te amoo) e pra toda minha família. Agradecer ao Duda por ter me dado esta oportunidade (e dizer que acompanhei seu blog por um tempinho e deeepois descobri que vc era O Duda e não A Duda, me desculpe mais precisava desabafar isso!! adooro seus textos. Super bafos) quero agradecer ao meu cinegrafista, meus seguidores no twitter, meus amigos, ao capitão planeta, ao BATIMÁ, ao Thor, Hulk, Superman, ao relampago mc queen (amoo esse desenho, super fã), esse é um momento muito importante pra mim, um momento que vou levar para toda a vida. Passei muito tempo (mesmo) me esforçando me focando nisso, e agora estou aqui, tendo o melhor momento da minha vida, todo o esforço de uma vida está resumido nesse comentário, aqui estou, sem palavras, simplesmente tendo o melhor momento da minha vida. Quero agradecer também ao grande deus Odin, porque sem ele eu não seria nada, quero agradecer ao deus Rá, porque sem ele não teria sol. Ao Zeus, Poseidon, Hélios, Ísis, Thor. E quero mandar um beijo pro meu cachorrinho que morreu mês passado, beijo Jarbas =/ não posso esquecer também da galera que trabalha comigo na redação, eu disse que ia conseguiir uhuuuulll abraço a minha editora liinda ^^ Quero também mandar um abraço pro meu tio que está nos estados unidos, quero mandar um alô pro Silvio Santos, Silvio eu sou sua fã cara. E por fim QUERO AGRADECER QUEM LEU ESSE COMENTÁRIO ATÉ O FIM, OBRIGADO.

Hellen Cortezolli disse...

Não fico um dia sem ler esse blog. Mas, o que motivou este comment, foi a vontade enorme de confessar à Beatriz que li todo o comentário dela.

Das duas uma: Ou sou uma jornalista freelancer desocupada ou esperava um final surpreendente. E foi! >.< Bjs

Beatriz Cantarino disse...

Ei Hellen, obrigado por ter investido no meu comentário e ter lido ate o fim. Agradecida ^^

Como foi pedido e cobrado, quero aproveitar para mandar um abraço para meu grande colega de redação. Abraaço Farley. rs

Farley Vasconcellos disse...

Ei Beatriz, a quanto tempo não te vejo! (kkkk, rsrsrs, hahaha; enfim risos) Parabéns! Fico feliz por ter ganhado o concurso cultural. E olha que você pensou que nem iria ganhar ein? Com apenas uma frase você conseguiu o que queria. Beijos e até mais!

Ahhh, já ia me esquecendo...

Abraçosss....

Sueli Melo disse...

Ahaha... muito, muito legal! Bjs.

Fernanda Araujo disse...

Gente, eu vim aqui sem nenhuma pretensão, não vejo a novela e nem sou jornalista. Mas, algo me trouxe aqui e VALEU A PENA graças ao comentário da Beatriz, que sabe-se lá se tem piada interna, ou não. Foi um dos melhores comentários que eu já li nessa vida online. HAHAHAHA

Duda Rangel disse...

Beatriz, você se empolgou tanto com o resultado do concurso cultural que fez o comentário em outro post. Consegui ler até o final também. Se ao ganhar um livro, você já fez tantos agradecimentos, imagino o dia em que você ganhar a Mega-Sena acumulada...hehehe. Valeu a todos pelas mensagens. Abraços.

Beatriz Cantarino disse...

oown Duda, na verdade minha empolgação mesmo é por ter conseguido comentar pela 1° vez (Foi inédito pra mim. Classifico como incapacidade tecnológica) Eu não poderia deixar passar em branco esse momento.

É isso!
beijitos

Duda Rangel disse...

Beatriz, o primeiro comentário a gente nunca esquece. Beijos.

Sylvia Neta disse...

Caraio... esta vida de jornalista é tão cheia de alegrias que só neste blog eu me sinto realmente feliz e realizada. Parabéns Beatriz, também li até o fim e adorei!!
Meus Pêsames pelo Jarbas.

Duda Rangel disse...

Bom saber, Sylvia.