quarta-feira, 22 de junho de 2011

Marchas e outras mobilizações da moda para o jornalista que adora tumultuar


Marcha da Redação com Deus pela Liberdade de Imprensa.

Ato de Resistência ao Novo Acordo Ortográfico (pelo direito de escrever idéia com acento).

Microfonaço (pelo direito de perguntar quando e a quem bem quiser).

Parada do Orgulho do Assessor de Imprensa.

Marcha pela Divulgação de Notícias Vagabundas (inspirada no movimento canadense SlutNewsWalk).

Marcha dos Motoristas de Carro de Reportagem pela Democratização da Boca-Livre.

Churrasco do Diploma Diferenciado (manifestação bem-humorada em defesa do diploma de jornalismo).

Marcha Nacional pela Máquina de Café na Redação.

Marcha da Maconha (liderada, enrolada e apertada pelos fotógrafos).

Twittaço pela Dignidade (com a divulgação da hashtag #SouJornalistaMasSouLimpinho).

23 comentários:

Priscila disse...

detalhe: todas devem acontecer numa avenida de grande utilização e deixar o trânsito ao redor tal qual o inferno.

Acho legal levar comida mexicana para que a polícia possa aplicar spray de pimenta!

Marthayza Ferreira disse...

É isso aí! E que escrever lingüiça também. Essa tal de linguiça sempre enguiça na minha cabeça!

Tatyane Malta disse...

Odeio ter que escrever ideia sem acento!

http://tatyanemalta.blogspot.com

Ana Paula Lima disse...

Adorei todas, pricipalmente a pelo direito de escrever idéia com acento! Que bom que mais gente odeia o acordo ortográfico tanto quanto eu!
Parabéns pelo blog, não perco um post!

Adilson Santos disse...

Sou fotógrafo, mas meu vício é outro heheheh


Boa Sacada - Parabéns aos cérebros pensantes Sic 'jornalistas' do pais.

Adilson Santos
fotógrafo

Liziane Berrocal disse...

ADORO! hehehe! Marcha pelo direito a um feriado anual!
Duda sempre se supera!

Renata Mota disse...

"Marcha da Redação com Deus pela Liberdade de Imprensa". Esta é a melhor

Marcia Souza disse...

Parada de orgulho do assessor de imprensa, é claro! Super a favor!

Rosane Cristina disse...

Concordo com vc...também gostaria de continuar a escrever pára do verbo parar com acento...evitaria tantos enganos dos meus alunos.

Dione Junges disse...

Concordo com a maioria das coisas que estão ai no tópico.
Outra legal é a do café na redação, proposta no twitter. hahhaa

Duda Rangel disse...

Existem manifestações para todos os gostos. É só escolher a sua marcha preferida, uma avenida com muito movimento, um horário de pico e tumultuar. Bons protestos!

Farol Comunitário disse...

Pára tudo que é uma ótima idéia, comer pão com lingüiça na São Bento com Praça do Patriarca (ainda existe?). Depois é só subir no caminhão de som. Viva o tumulto #SouJornalistaMasSouLimpinho

rubens disse...

Absurda essa reforma ortográfica. Concordo com vc, Duda. Odeio escrever idéia sem acento... estranho... bom para os que nunca aprenderam a acentuar as palavras... vai um cafezinho aí?

Michelle Borges disse...

Muito bom!

marianamiranda disse...

Huuuuuuuuuuuuu!!! Huahuahua!

TPM disse...

Adorei, vou participar de todas .. ssrsrsrsrsr

Ruth Carioca disse...

É...Ainda estou no inicio dos meus estudos em jornalismo,comparado ao inicio de um namoro:Tudo Maravilha!!!Mas msm assim quero correr o risco estou apaixonada!!!Texto muito bom adorei

Ruth Carioca disse...

comentario acima é do texto anterior!!!fail

Duda Rangel disse...

Agradeço as mensagens solidárias. E vamos que vamos. Abraços.

Juliana Gelatti disse...

Já eu seria parceira de uma Cavalgada pelo Chimarrão, para exigir a oferta de mate quentinho em toda coletiva de imprensa e pela liberação do estimulante nas redações em que é proibido.

Duda Rangel disse...

Juliana, dou apoio à causa. Que os jornalistas se unam pelo mate quentinho em toda coletiva de imprensa. Beijos.

Milena disse...

Meu 1º comentário aqui!

Nossa, essas marchas lembraram-me a galera do meu curso. Affs!
Aqui no meu estado tem marcha para tudo. Quem quiser inspiração venha para cá.

Duda, seu blog é super digno! Estarei sempre por aqui. (não é a primeira vez que passo aqui, não)

Duda Rangel disse...

Legal, Milena. Volte sempre. Te espero por aqui. Beijos.