quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

50 manias típicas de jornalista


1. Mania de guardar recorte de matéria pra nunca mais ler.

2. Mania de reclamar demais.

3. Mania de passar a madrugada na internet, mesmo depois de um dia intenso de trabalho.

4. Mania de tomar remédio pra dormir.

5. Mania de achar que sabe tudo.

6. Mania de ter opinião sobre tudo.

7. Mania de se sentir perseguido por todos.

8. Mania de querer salvar o mundo.

9. Mania de liberdade.

10. Mania de acreditar que um dia a coisa melhora.

11. Mania de recorrer a velhos clichês na hora de escrever uma matéria.

12. Mania de ajeitar o cabelo um milhão de vezes antes do link.

13. Mania de dar carteirada.

14. Mania de comer e escrever um texto ao mesmo tempo.

15. Mania de deixar o teclado todo cheio de gordura e resto de comida.

16. Mania de querer tudo pra ontem.

17. Mania de fingir riqueza pros vizinhos.

18. Mania de ter um blog.

19. Mania de chegar atrasado às pautas.

20. Mania de tomar café.

21. Mania de escrever um texto enorme e depois ficar cortando pra caber.

22. Mania de ir pra rua e ficar olhando pra tudo e todos, feito cachorro que vive preso em apartamento.

23. Mania de ler 50 vezes o próprio nome estampado na primeira página do jornal.

24. Mania de falar mal dos outros, principalmente de outros jornalistas.

25. Mania de declarar guerra aos assessores de imprensa.

26. Mania de achar que tudo pode render, pelo menos, uma nota.

27. Mania de ficar feliz com qualquer presentinho, feito cachorro carente.

28. Mania de rabiscar umas três frases por página do bloquinho e já pular pra outra.

29. Mania de encher o saco dos amigos na caça de bons personagens.

30. Mania de encher o texto de aspas.

31. Mania de ser DJ nas horas vagas.

32. Mania de ser poeta nas horas vagas.

33. Mania de ser esquisito.

34. Mania de namorar outros jornalistas.

35. Mania de roubar a pauta dos outros.

36. Mania de “produzir” fotos, de orientar personagem, de acabar com a naturalidade.

37. Mania de ser saudosista.

38. Mania de requentar informação.

39. Mania de fazer pergunta óbvia.

40. Mania de se fingir de morto na reunião de pauta pra não pegar roubada do chefe.

41. Mania de pisar no pé do colega na luta pra chegar mais perto do entrevistado.

42. Mania de achar que vai conseguir furos fuçando no Twitter.

43. Mania de desorganização.

44. Mania de parecer envergonhado na hora de tietar entrevistado famoso.

45. Mania de esconder o time de coração quando se é jornalista esportivo.

46. Mania de se sentir mais importante só porque trabalha num jornal grande.

47. Mania de se sentir menos importante só porque trabalha num jornal pequeno.

48. Mania de ir ao bar e passar 76,7% do tempo falando só de jornalismo.

49. Mania de ir ao bar e passar 23,3% do tempo discutindo quem é e quem não é gay na redação.

50. Mania de dizer que não tem manias.


Já comprou o livro do Duda Rangel? Conheça a loja aqui, curta, compartilhe. Frete grátis para todo o Brasil.

Curta a página do blog no Facebook aqui.

46 comentários:

Anônimo disse...

Muito bom... Identifiquei-me com mais da metade dos itens da lista... Padeço desse mal :D
Andreza Lisboa - Aracaju, SE

Helder Miranda disse...

Acho que, realmente, sou um jornalista atípico. Dessas que você citou, poucas me identificaram. Ou eu sou uum completo peixe fora d'água, oou os jornalistas que você conhece são todos estereotipados. Um abraço!

Ana Paula de Almeida disse...

HAhaha mto bom! Me identifiquei com quase tudo!
Mas acrescentaria "51. Mania de ficar reclamando quando alguém critica seu texto"

João Damasio disse...

Era preu ser jornalista mesmo. Dessas manias, as que eu tenho, já tinha antes de entrar na faculdade, principalmente a 50!

Eduardo Soares disse...

Muito bom. Adorei o blog. Tenho muitas manias dessas mesmo. Bom saber que não estou sozinho no Cosmos. rs. Abração!

Patrícia Santana disse...

BOA... De toda a lista, acho que não me encaixo em no máximo 5 itens. hehe Jornalista é tudo igual em qualquer lugar do mundo...
Patrícia Santana - Goiânia - GO.

Anônimo disse...

Também não me identifiquei com a maioria desses itens. Até porque muitos deles se aplicam a diversas outras profissões. Falar mal, ser egocêntrico, “fingir riqueza”, “ser esquisito”, “se sentir importante por trabalhar em uma empresa grande”... não vi exclusividade aos jornalistas hahah. Sinceramente, há uma estereotipagem gratuita nesse blog como um todo, porque na maior parte das vezes não são lá muito criativas ou engraçadas.
Abraço,
Marina

Jéssica G3 disse...

praticamente toda a lista me identifica. Adorei rsrsrs valeu Duda e não pare com as manias!!

Anônimo disse...

De 50 itens, me identifiquei em 38. Mas meu marido garante que tenho 45 dessas manias. Hahahaha!

Abraços,
Lívia

Anônimo disse...

hahaha Desde meus 14 anos de idade guardo recortes de jornal e nunca mais li nenhum...

Vanessa Bencz disse...

eu sou pós-doutora nisso: "Mania de se fingir de morto na reunião de pauta pra não pegar roubada do chefe."
hehe! mto bom, Duda!
http://garotadistraida.wordpress.com

Anônimo disse...

Trabalho em jornal grande e trabalhei em jornal pequeno. Quer saber: sempre me achei o máximo por trabalhar em jornal, sem importar o tamanho... Acho que vale mais uma mania!!!!

Juliana Cunha disse...

Demais Duda!

Como sempre, vc parece que vive do nosso lado nas redações.

Beijos!

Anônimo disse...

Em vez de "4. Mania de tomar remédio pra dormir.": Mania de fumar remédio para dormir

Nina disse...

Nada melhor do que dar carteirada e se fingir de morto em reunião de pauta!! Essas são manias das quais não abro mão!! hahaha!

Morgana disse...

Duda!
Eu, que ainda nem comecei a faculdade, já tenho metade dessas manias. Acho que tô bem. Haha.

Um abraço grande pra ti, querido.

Tiago Nascimento disse...

Eu tenho, no mínimo, umas 49 manias, kkkk

Dri disse...

A mania 34 não tenho mesmoooo kkkkkkkk Deus me livre de mais um jornalista aqui em casa

paulogeroldo disse...

Eu acredito que os raros bons jornalistas deste país apresentam poucas ou quase nenhuma dessas manias. Isso está mais para estereótipo.

Montezuma disse...

Ótima. É a santa realidade de cada dia e da vida toda. Duda Rangel consegue legitimar um inventário que, isoladamente, sempre houve no âmbito da profissão.

Anônimo disse...

Faltou colocar que jornalista tem mania de deixar tudo para última hora.

Celis Fabrícia - Jornalista Cristã disse...

Se tenho 76,27% dessas manias quer dizer que sou uma boa jornalista? ahahah

Marcelo Nunes disse...

Não sou jornalista, mas tenho muitas destas manias, sem contar que sou o porta voz da minha turma no trabalho... e vivo me ferrando por isso...

Anônimo disse...

mania 51 - Ler o Desilusões perdidas
mania 52 - Ler blog "blog cheio de humor" como o Desilusões perdidas e reclamar de ser um post estereotipado...

Anônimo disse...

Mania de ir ao bar e passar 23,3% do tempo discutindo quem é e quem não é gay na redação.

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK...

verdade!

Duda Rangel disse...

Aos maníacos ou não, agradeço a todos pela participação neste espaço. Abraços.

Larissa Emanuelle disse...

Duda, conviveu comigo durante quanto tempo pra escrever um exto tão "eu" assim hein? haha' Muito bom mesmo! Identificação total!

Gabriel Birkhann disse...

Interessantérrimo,a do blog eu já tenho,hehe.

Gabriel Birkhann disse...

abraços.

Duda Rangel disse...

Oi, Larissa, legal pela identificação.
Abração, Gabriel.

ReSilver disse...

Carteirada eu não dou, não. Só dei uma vez, e a situação pedia. Uma pessoa precisava de proteção contra policiais que estavam prestes a meter-lhe a porrada. Eu disse que era jornalista justamente pra ver se neguim segurava um pouco a onda e não escancarava tanto no abuso. Funcionou.

Duda Rangel disse...

Oi, Re. Esta é a carteirada cidadã. Por uma boa causa. Abraços.

Vânia disse...

Oi Duda. Descobri seu blog através do Montezuma Cruz. Passei a ler todo dia e divulgar como posso. Deixei de ser jornalista há 9 anos, numa dessas "reestruturações de jornal", mas ainda conservo a maioria dessas manias. Hoje sou servidora pública folgada e bem remunerada (morra de inveja, mas sofro a frustação de ter abandonado a profissão que eu amava. Rola algum texto? pra me confortar?

Duda Rangel disse...

Oi, Vânia, obrigado pelas visitas ao blog. Ainda não fiz nenhum texto para confortar os que deixaram a profissão, mas o tema é bastante interessante. Valeu pela sugestão. Um abraço.

Beatriz disse...

Por vários desses motivos que desisti de jornalismo.

Jakeliny Mendonça disse...

Sempre arrasando nos textos e me fazendo rir das minhas próprias atitudes...kkkk

Daniele Martins disse...

Caramba! Td a ver comigo. especialmente, os itens 21 e 48. rsrs

Duda Rangel disse...

Beijo procês, Jakeliny e Daniele. Duda

Anônimo disse...

Mania de fingir riqueza pros vizinhos? hahaha A grana é tão curta que não dá nem pra fingir.

Anônimo disse...

Assessor de imprensa também é jornalista. Também escreve matéria, tem pautas e, além de tudo, tem que aguentar repórter que ganha mal, dorme mal, não tem final de semana e acha que o assessor tem que se virar para arrumar as informações para ele - mesmo se as informações não existirem!

Evelyn disse...

Poderia ter um "Jornalista adora filme sobre personagens jornalistas".
E também: "Jornalista ama adicionar itens à qualquer lista que seja".

kkkk !

Parabéns, Duda Rangel. Somos típicos mesmo !

Evelyn Costanza
facebook.com/evelyn.costanza.988

Ana Paula Ribeiro disse...

Hummm
o que me diz dessa?
25. Mania de declarar guerra aos assessores de imprensa.

Quer dizer que assessoria não é jornalista?
Acho que ficaria melhor dizer
25. Mania de declarar guerra aos assessores de imprensa que não lhe dão credencial para entrar no evento.
hahahaha
isso acontece muito...
E outra, lembrar que Jornalista, assessor, reporter é tudo a mesma coisa... talvez o assessor ganhe um pouco melhor! hahahaha.

Blog do Quaresma disse...

Vi muitos amigos se encaixando nessas manias.. e até consegui me vê em algumas delas.

Anônimo disse...

Mania de dar carteirada? E desde quando carteira de jornalista tem poder? O único benefício que tive com a minha foi entrar de graça em museus na Europa, mas tem que ter a carteira internacional. Fica a dica!

Duda Rangel disse...

Valeu, Evelyn. Jornalista adora uma lista mesmo.
Ana Paula, o jornalista pode atuar como assessor, claro. A diferença que existe é entre o profissional que trabalha em redação e o que trabalha numa assessoria de comunicação. E estes dois tipos vivem em guerra.
Abraços.

Cida Leal disse...

O blog e o café. "apenasmente".