quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Os 12 trabalhos de Hércules, o assessor


1º Trabalho – Atendeu a quatro contas de diferentes segmentos ao mesmo tempo, com a missão de não perder a sanidade mental.

2º Trabalho – Ficou horas e mais horas ao telefone fazendo follow-up com pauteiros que detestam assessores que fazem follow-up.

3º Trabalho – Acordou de madrugada ao longo de meses para fazer clipping de jornais e revistas. Lutou contra um sono desgraçado.

4º Trabalho – Suportou reuniões de briefing com os clientes mais chatos da agência.

5º Trabalho – Levou anos para emplacar um entrevistado que não tinha porra nenhuma de interessante para contar no programa do Jô.

6º Trabalho – Enfrentou um almoço com jornalistas arrogantes, para estreitar relacionamento.

7º Trabalho – Venceu a revolta de seu chefe ao justificar a presença de apenas dois jornalistas numa coletiva importante.

8º Trabalho – Convocou uma reunião de urgência com a imprensa para um cliente explicar um escândalo de corrupção sem explicação.

9º Trabalho – Precisou convencer um cliente da agência, um executivo folgado, a não exigir que o repórter o deixasse ler a matéria antes da publicação.

10º Trabalho – Teve de comprovar o sucesso de uma campanha de imprensa por meio de um banal relatório de centimetragem.

11º Trabalho – Suportou o ataque selvagem de jornalistas ávidos por jabás ao desfilar pela redação com uma sacola cheia de presentinhos.

12º Trabalho – Travou uma luta épica com um repórter que queria as respostas para 30 perguntas enviadas por e-mail em 15 minutos. Vá se foder, bradou. Pensa que assessor é herói da mitologia?

 
Já comprou o livro do Duda Rangel? Conheça a loja aqui, curta, compartilhe. Frete grátis para todo o Brasil.



Curta a página do blog no Facebook aqui.

9 comentários:

Hulda Rode disse...

Excelente. E quando o assessor entrega um brinde sem graça a um repórter que está acostumado a receber os melhores presentes de outros assessores. Vida cruel.

Maria Cristina disse...

Ouvir o produtor pedir indicação de entrevistado e em seguida: será que você consegue um personagem? afff

Ingrid Araujo disse...

Boa, Duda! Vai um jaba aí? rs

Duda Rangel disse...

Ótimas contribuições, moças. :)

Alessandra Sabbag disse...

Maria Cristina isso é o mais comum né...kkkkk...Fora aquele cliente chato, chato, chato, que exige follow-up todo dia e que não tem nada de interessante para veiculação! É um porre....

Duda Rangel disse...

Bota porre nisso, Alessandra.

Cínthia Carvalho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luciene Santos disse...

E quando você manda uma nota sobre (exemplo) o crescente e sustentável negócio da lavagem ecológica e o colunista responde ao email pedindo serviço completo no seu carro?

Duda Rangel disse...

Cínthia, você é realmente uma heroína. Parabéns! E obrigado pelo carinho.
Luciene, jornalista é um bicho jabazeiro mesmo.
Beijos.