terça-feira, 11 de junho de 2013

10 razões para namorar um jornalista


Uma resposta ao clássico “1.000 razões para não namorar um jornalista”.

Aprende-se a dar valor às coisas boas da vida, como beber num pé-sujo ou dividir o resto da pizza da noite anterior no café da manhã. Depois de experiências tão preciosas como estas, quem vai se importar com cruzeiros pelo Mediterrâneo ou jantares sofisticados?

O jornalista não sufoca a pessoa amada. Quem busca uma relação que proporcione um tempo só para si deve namorar um jornalista. Aliás, terá tempo só para si até demais, porque o jornalista viverá ocupado com plantões e suas grandes matérias.

Jornalistas são legais. Ok, alguns são chatos pra caralho, mas a maioria é legal.

Os jornalistas têm utilidades. Poucas, mas têm. Ele pode, por exemplo, redigir os mais diferentes tipos de texto para a pessoa amada. Mais: pode corrigir os erros de Português do currículo da pessoa amada. Só é preciso fisgar o coração de um jornalista que tenha conhecimentos no mínimo intermediários do Português.

Como a comparação entre os pombinhos é algo inevitável em todo relacionamento, qualquer pessoa que namorar um jornalista vai se sentir um ser humano muito normal, super-resolvido e equilibrado. E não é ótimo isso?

Jornalistas têm um charme especial. Não sei se é essa coisa de reclamar demais ou se é o jeito estranho de se vestir ou ainda aquele troço de sonhar com um mundo melhor, não sei o que é, mas que rola um charme diferente, rola.

Os amigos leigos morrem de inveja de quem namora um jornalista. Acreditam, tolinhos, que jornalista é cheio de importância. É divertido. Mas atenção: se alguém perguntar por que o tal namorado jornalista nunca apareceu no Jornal Nacional, deve-se fazer cara de espanto e soltar um “mas jura que você nunca viu?”.

Jornalistas, apesar de serem jornalistas, também sabem amar.

O mundo está cheio de pessoas encalhadas e solitárias e, entre ser uma pessoa encalhada e solitária e namorar um jornalista, é preferível namorar um jornalista, muito provavelmente um dos muitos encalhados e solitários que existem por aí.

Diz um estudo de alguma universidade de algum país que eu não lembro qual que pessoas todas certinhas, com uma rotina de trabalho toda certinha, com salário pago no dia certinho, e com tudo mais tudo certinho, são péssimas na cama. Logo, alguém todo erradinho como um jornalista pode valer muito a pena.


Já comprou o livro do Duda Rangel? Conheça a loja aqui, curta, compartilhe. Frete grátis para todo o Brasil.

Curta a página do blog no Facebook aqui.

28 comentários:

Léo disse...

Eu tenho minha lista de motivos...vamos lá.

Motivos para namorar uma Jornalista

1. Vocês são inteligentes e cultas, tenho tesão por mulher inteligente
2. São sem frescura em todos os sentidos
3. O sorriso de vocês é do tipo "Eu vou te deixar louco e você vai amar isso" E sim, amo muito esse tipo de sorriso
4. Vocês são românticas, aceitam receber flores e acham bom grado um homem pagar sua conta em uma saída por ai
5. Até quando vocês estão bravas, choronas e irritadas são sexys
6. Não acham ridículo quando um homem escreve um poema para vocês (sim, escrevo poemas)
7. Normalmente vocês não tem porte de modelo, mas assim é bom pois atraem pela inteligência e bom papo
8. Vocês conseguem ficar cheirosas em qualluqer situação, adoro cheiro de jornalistas
9.Vocês ficam lindamente timidas quando recebem elogios verdadeiros
10. E por último ...ah, foda-se não tem último, assumo, eu tenho uma "queda" absurda por Jornalistas e me acabo com vocês sorrindo

Acho que é isso.

Pri disse...

Puts... que lindo Léo :D

Anônimo disse...

To com o Léo aí!

Isabelle Câmara disse...

todas as jornalistas deveriam ler teus motivos, Léo. até gostei mais de ser jornalista. :)

Fabiana disse...

Adorei Leo! Não encontrei a metade ainda,rs

Cleidiane disse...

Ai que lindo Léo! Acho que me apaixonei por você! <3

Marielle Rocha disse...

Arrasou Léo! :D

Duda Rangel disse...

Grande Léo, eu achava que o rei Roberto Carlos era o último cara romântico da face da Terra, mas eis que conheço mais um. Esse cara é você. Ao contrário de mim, poeta de todas as desgraças e caos, você é um poeta clássico, o tipo capaz de morrer de amor e que fala exatamente o que os corações das moças querem ouvir. Com certeza, você não passará o Dia dos Namorados sozinho. :)

Shirley disse...

Putz, consigo ser indecisa até entre um Leo e um Duda... Ah, e sou jornalista!

Shirley disse...

Mas Leo, não posso deixar de dizer. Essa sua cantada foi a mais sensacional que eu já vi pra se comer uma mulher (ou várias, né, depois dessa declaração sensível/inteligente/romântica!). Ou c foi mulher e jornalista na outra encarnação, pq eu me vi na sua descrição...

Mayara disse...

Léo.. Sensacional!!!! :)

Li Melo disse...

Os dois, Duda e Léo, arrasaram. cada uma à sua maneira. Adorei.

Camila Efraim disse...

Ah, nem tudo está perdido. Ashaushuas, parabéns meninos! Ps. Logo logo tbm serei uma jornalista, rs.

Léo disse...

Bom meninas, desde já agradeço pelos elogios, acreditem: Não é cantada, são verdades que acredito, pois amei uma Jornalista de uma maneira única, porém ela me desprezou, então estou aqui sozinho há 4 anos, afinal não tenho estilo de homem "Comedor" pois as vezes que tentei fazer isso não consegui, não é do meu caráter como Homem Cristão. Emfim, sou sempre o mesmo.
Duda, obrigado pelos elogios, sou da velha escola e tenho dois problemas: Sou um romântico incurável (Do tipo que dá flores, chocolates, não passa só uma noite com mulheres) e não sei mentir, penso que o amor é livre, se não for para mim, sendo feliz com outra pessoa me deixa satisfeito, uma vez sai com uma garota que me disse: "Você é muito bonzinho, desse jeito vai ficar sozinho, pois mulheres gostam de Bad Boys". Discordo dela, ainda que eu me lasque por ser Homem das antigas, acredito que há mulheres decentes e de respeito do mundo. E adoro fazer uma mulher de respeito e nível sorrir, por isso amo Jornalistas. (Ou quem esta querendo ser).
Bom,é isso, sou seu leitor Duda por recomendação de um amigo Jornalista, já tive blog pois escrevo poesias, mas ando sem tempo, aqui meus contatos em ditas "Redes Sociais" pois sociabilidade para mim é outra coisa.

Twitter: https://twitter.com/leogomes83

Facebook: https://www.facebook.com/leonardo.gomes.3785

Duda Rangel disse...

Meu caro Léo, como eu fiquei comovido por sua história, como você provou ser um homem cheio de romantismo e boas intenções e como você tem uma grande admiração por jornalistas – eu ia escrever fetiche ou tara por jornalistas, mas fetiche e tara não são palavras românticas –, resolvi te ajudar. Sim, meu amigo, você merece uma nova chance. Abro a campanha "Seja a nova jornalista cheirosa e inteligente da vida do Léo". As moças interessadas devem escrever ao Léo nos contatos que ele deixou. E importante ressaltar: a campanha pró-Léo é uma exceção, por todas as razões já mencionadas. A finalidade deste blog não é ficar desencalhando a galera, mesmo porque isso aqui não é o programa do Rodrigo Faro. Sucesso aí, Léo. E um dia você volta para contar se a campanha deu certo e para me convidar para ser padrinho de seu casamento. :) Feliz Dia dos Namorados a todos, com ou sem namorado.

disse...

Sensacional, gostei muito de ambos os textos.

Danillo Freitas disse...

Uiaaa. Q lindinho! Tem alguma GAROTA que tem o mesmo pensamento do Léo? Oi, sou estudante de jornalismo, sou cheiroso e inteligente! kkk

Ana Carolina Quintella disse...

Gente, o mundo está num clima tão love...Pensei que era só eu! hahaha
Mto fof e esperto, esse Léo! ;)

Lucila R disse...

Adoooorei o post e morri de rir com algumas coisas. Feliz dia dos namorados, pessoal.
P.S-esta jornalista tmb está encalhada hahahaha.

Anderson Rangel disse...

Aprovado Léo! Eu namoro, ops! Eu moro com uma jornalista há 6 anos, mãe da minha linda filha Samirah. Ela é fantástica, sensacional, inteligente, carinhosa, charmosa, empresária e empreendedora. Melhor do que namorar ou estar ao lado de uma jornalista é ter o prazer e privilegio de trabalhar com uma, eu tenho.
Realmente, experiência única! Já namorei farmacêutica, biomédica, bióloga, publicitária, atriz e musicista, mas jornalista não tem igual. Que você encontre a sua... Eu tenho muitas colegas jornalistas solteiras aqui na do Grande ABC paulista. Bom, é isso aí. Sucesso e Feliz Dia dos Namorados

Andréia Martins disse...

Jornalista solteira procura! HAAHAHAH!

https://www.facebook.com/andreiamartins.jp

Anônimo disse...

"Os jornalistas têm utilidades. Poucas, mas têm. Ele pode, por exemplo, redigir os mais diferentes tipos de texto para a pessoa amada".
Claro, afinal saber desentupir uma pia, cozinhar, erguer uma parede de alvenaria, consertar a descarga da privada, arrumar o chuveiro nem se comparam com a importância e a utilidade de se saber corrigir um texto. Aliás, mulheres adoram ter textos corrigidos. Parabéns, um texto muito inspirador.

Patricia Visconti disse...

meu, quem é vc? Vc é tudo que uma jornalista procura. rs

Taís Facina disse...

Adorei Léo! Seu texto mostra sua sensibilidade, o que é uma raridade hoje em dia... Você é o cara que nós, jornalistas, procuramos...

Nélly Blanco disse...

Nossa... Adorei os textos... E principalmente do comentário do Leo! Faltam homens de verdade com opiniões assim hoje em dia... Sou jornalista... Tenho um tempo já de estrada e há muito tempo não vejo algo assim!

Enfim... Parabéns! Que você encontre sua jornalista perdida...

E que eu encontre um cara bacana que realmente pense como você disse pensar...

:)

Nélly Blanco

Cris Sales disse...

Léo, vc me deixou sem palavras!

Michelle disse...

Ahhhh, esse Léo arrasou, fala sério...
Nós jornalistas spo queremos isso, ou melhor, tudo isso...hehhe
Antes de tudo, sou Mulher. Jornalista é um charminho a mais :-)

Rosayne Macedo disse...

Quantas jornalistas o Leo não conquistou com essa listinha customizada, hein, meninas?! Fofo!