segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Eufemismos jornalísticos


A redução de custos é uma realidade em várias empresas de comunicação. = Esqueça, você não vai ganhar aumento este ano.

O jornal está passando por uma reorganização de seu ativo humano. = O jornal está demitindo um monte de jornalista.

Eu gostaria muito, senhor editor, que alguma providência mais drástica fosse tomada contra o seu repórter, que publicou uma notícia equivocada a nosso respeito. = Eu quero que você mande embora o merda do repórter que falou mal da gente.

O doutor está impossibilitado de atender a imprensa neste momento. = Não deu para entender ainda que o doutor não quer dar entrevista?

Por causa das chuvas e dos desmoronamentos, vamos precisar de um reforço em nossa equipe neste fim de semana. = Você acaba de perder a sua folga de fim de semana.

Não quero só números. Vamos dar atenção ao lado humano da tragédia. = Vamos explorar a desgraça humana ao máximo.

A direção do jornal pediu para adotarmos uma linha mais light com o governo para evitarmos desgastes desnecessários. = A direção do jornal pediu para adotarmos uma linha mais light com o governo para não perdermos os anúncios das estatais.

A expressão “situação meia complicada” não é correta e precisa ser evitada, ok? Mais atenção! = Porra, ainda não aprendeu a escrever este Português correto?

Oi, querida, pode ligar mais tarde, por gentileza? É que estamos no meio do processo de finalização da edição. Obrigado. = Que assessora chata você é, hein? Ligou bem na hora do fechamento!

O filme ficou muito aquém das expectativas da crítica e do virtuosismo de seu diretor. = O filme é muito ruim.

O jornalismo é uma profissão apaixonante! = Você nunca vai ficar rico como jornalista!

12 comentários:

Rafael Vaz disse...

Hahahahaha! Pura verdade! Voce capricha nos textos! ADORO!

Rômulo Martins disse...

você é ótimo, vamos trabalhar juntos? rsrs

Cursilhistas2010 disse...

Duda Rangel,

Vc deveria ganhar um extra do sindicato por ser tão sincero e por escrever tanta verdade, sobre esta profissão ingrata, só besta mesmo (como eu e mtos por aí) pra ter feito esta escolha!! Abração Bernadete Seixas

Amanda Carvalho disse...

Amei! Pura verdade! =)

Amanda** disse...

ahahahaahaha sensacional, mais uma vez!

sempre que estou desiludida com a minha profissão, passo por aqui e agradeço por não ter escolhido a ênfase em jornalismo, dá uma boa animada!

;D

http://www.amandaporai.blogspot.com

Cris Paulino disse...

kkkkkk vc me anima tanto... mas mesmo assim to amando o jornalismo. (é, não tenho vontade de ser RYCA) kkkkkk

Priscila Borges disse...

Eufemismos das fontes

Nossa secretaria estará fazendo uma reunião na próxima semana para traçarmos um planejamento, mas não podemos definir a data de início das obras = Não vamos fazer merda nenhuma.

Esse é um momento histórico para a cidade = esse é um momento que eu gostaria que fosse lembrado na próxima eleição.

Iremos averiguar a denúncia feita pelo senhor = vai arrumar alguma coisa mais útil pra fazer que cobrir buraco de rua, reporterzinho de merda.

gostaria de pedir a gentileza de que me encaminhasse a matéria antes da publicação para que possamos verificar se tudo foi entendido claramente = vou censurar essa sua matéria idiota e ainda vou pedir pro seu editor-chefe te dar uma lição.

Você sabe com quem está falando? = Você sabe que está falando com a pessoa que vai pedir sua demissão?

Duda Rangel disse...

Meus caros, mesmo com os eufemismos, nossa vida é sofrida, não é? Mas vamos em frente...
Priscila, adorei os eufemismos das fontes. Parabéns!!!
A todos, obrigado pelas mensagens e pelo carinho de sempre.
Abraços.

Elisandra Amâncio disse...

Sou sua fã! Fato! De verdade que você nunca pensou em publicar um livro com os textos deste blog?

Abração nobre colega!

Duda Rangel disse...

Oi, Elisandra, o livro sai este ano. Aguarde!

Jorge Fernando disse...

Excelente texto, como sempre, Duda. Segue uma sugestão de texto sobre eufemismos do mundo corporativo em geral:

http://www.blogdojorgefernando.com/2012/06/traduzindo-o-mundo-corporativo.html

Abraço

Duda Rangel disse...

Muito bom, Jorge!