quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Marchinhas jornalísticas de carnaval


As marchinhas voltaram. Hora de botar o bloquinho na rua.

Me dá um frila aí (versão de Me dá um dinheiro aí)

Ei, você aí, me dá um frila aí
Me dá um frila aí
Ei, você aí, me dá um frila aí
Me dá um frila aí.

Não vai dar?
Não vai dar, não?
Vou te ligar e ir à redação
Te enlouquecer de tanto insistir
Me dá, me dá, me dá (oi)
Me dá um frila aí.


A audiência do jornal (versão de A pipa do vovô)

A audiência do jornal não sobe mais
A audiência do jornal não sobe mais
Apesar de explorar só desgraça
O jornal já perdeu o seu gás.

Ele tentou uma chacinazinha
O Ibope não deu nenhuma subidinha
Ele tentou mais uma enchentezinha
O Ibope não deu nenhuma subidinha.


Passaralho (versão de Saca-rolha)

Cabeças vão rolar
Um pé na bunda eu não quero é levar
É o passa-passa-passa-passa-passaralho
Vamos saber quem vai sobrar!


Imprensa não é livre (versão de Cachaça não é água)

Você pensa que a imprensa é livre?
Imprensa não é livre, não.
Ser livre é falar verdades
Sem medo de uma demissão.


Ô, produtor (versão de Allah-lá-ô)

Ô, produtor, ô ô ô ô ô ô
Tu demorô, ô ô ô ô ô ô
Pra agendar a entrevista que me falta
A rival foi mais esperta
E furou a nossa pauta.


Nenhum riso (versão de Máscara negra)

Nenhum riso, ó, nem alegria
Mais de dez palhaços de plantão
Todo mundo festejando o carnaval na avenida
E a gente na redação.


Salário do Zezé (versão de Cabeleira do Zezé)

Olha o salário do Zezé!
Será que ele é?!
Será que ele é?! (jor-na-lis-ta)
Olha o salário do Zezé!
Será que ele é?!
Será que ele é?!

Será que ele ganha o piso?
Será que ele é muito ralé?
Parece repórter de rádio
Mas isso eu não sei se ele é.

Melhora o salário dele! (pã pã)
Melhora o salário dele! (pã pã)

Melhora o salário dele! (pã pã)
Melhora o salário dele!


Já comprou o livro do Duda Rangel? Conheça a loja aqui, curta, compartilhe. Frete grátis para todo o Brasil.

6 comentários:

Helen Fernanda disse...

♫ Você pensa que a imprensa é livre?
Imprensa não é livre, não.
Ser livre é falar verdades
Sem medo de uma demissão. ♪

Me identifiquei bastante com isso. kkk

disse...

♫ Olha o salário do Zezé!
Será que ele é?!
Será que ele é?! (bol-sis-ta)♫

Me identifiquei mais ainda.

Antonio Félix da Silva Neto disse...

Olá Rangel!

Gostei pra caramba de seu blog, meu amigo. Você mistura a poesia com o jornalismo, e ambos formam um excelente par. Valeu pelo blog, pelas belas palavras. Fico feliz com isso e aproveito para lhe convidar a visitar o meu humilde blog de poesias (umceudepoesias.blogspot.com) e se torne um seguidor. Eu também estou seguindo seu blog. Abração e até breve!

Duda Rangel disse...

Helen e Bê, legal pela identificação, mesmo com situações não tão agradáveis.
Antonio, o poeta, valeu pela mensagem. Visitarei teu blog, sim.
Abraços.

Rossana P disse...

Estou a duas semanas de começarem as minhas primeiras aulas na universidade e é incrível como o teu blog só me faz ter mais empolgação ainda para cursar jornalismo. Obrigada, Duda! Espero não me arrepender kkkk

Duda Rangel disse...

Oi, Rossana, sou eu que agradeço a visita e a mensagem. Muito sucesso no curso. Abração.