segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

O início das aulas numa faculdade de jornalismo


Para o povo do primeiro ano

O contato com a primeira e talvez a mais importante disciplina do curso: Sociologia do Boteco. Calouro precisa confraternizar, conhecer os veteranos. Será que rola gente interessante? Tudo é novidade: as aulas, os desafios, as ilusões. Tudo é uma grande festa: o fim de noite na república, os congressos de comunicação. Tudo é descoberta. Descobrir, por exemplo, que é preciso começar a ler. Pode jornalista que não gosta de ler? Não, não pode. Pintam aqueles caras chatos, mas essenciais: Adorno, Marcuse, McLuhan. E o McDonald´s, claro, para matar a fome.

Para o povo do segundo ano

Porra, ainda faltam três anos (primeiros sinais de ansiedade). Sociologia do Boteco II, uma espécie de módulo avançado. Agora o lance é confraternizar com os novatos, pintar a cara dos novatos, beber a cerveja paga pelos novatos. Reparando bem, a turma está menor. Quem desistiu mesmo? Tempo de promessas: este ano, eu começo a ler jornal sem falta. Tempo das primeiras grandes dúvidas: será que vai rolar aula prática? Começo um estágio ou fico no emprego atual para pagar o curso? Será que esta minha vida pobre de estudante acaba quando eu me formar?

Para o povo do terceiro ano

O bar, claro, para não perder o costume. Não foi metade do curso, falta metade do curso. Caraca, dois anos ainda? Mas a galera já se sente metade jornalista, o que, convenhamos, já é alguma coisa. Este ano, as aulas prometem: vai ter entrevista de verdade, programa de rádio, TV e o escambau. Bem que poderia ter uma disciplina sobre finanças pessoais também, né? Estágio, estágio, estágio. A turma está ainda menor. Será que sobra alguém? Jornalismo é para os fortes.

Para o povo do quarto ano

É o ano da mistureba de sentimentos: angústia, euforia, medo, alívio. Quase não existem mais as confraternizações. Porque é reta final, porque tem TCC, porque tá todo mundo com a cabeça no futuro esquecendo o presente, porque o tempo escassa. A saudade começa a bater. Queria tanto que acabasse e, agora que está acabando, o povo não quer mais que acabe. Saudade dos amigos, das descobertas, das crises, dos trabalhos em grupo, de alguns professores e da Sociologia do Boteco, sem dúvida a mais importante disciplina do curso.


Já comprou o livro do Duda Rangel? Conheça a loja aqui, curta, compartilhe. Frete grátis para todo o Brasil.

Curta a página do blog no Facebook aqui.

21 comentários:

Pri disse...

Hahahaha Adorei!!!
Muito, muito legal!
E pior que o negócio é mesmo assim.
Eu estou partindo para o segundo ano do curso de Jornalismo, ainda estou na fase das descobertas.
Está uma delícia e não vejo a hora de descobrir o que está por vir!
Beijos,
Pri

www.multicromatica.blogspot.com

João Damasio disse...

Sociologia do Boteco! Ééééé!! kkkkk

Li Melo disse...

D+! Adorei!
Tô começando a terceira fase. Já sou metade jornalista! U-huuu

Ariel R. disse...

Fora o medo do desemprego pós conclusão de curso. hahaha Muito bom, Duda! Sou tão fã que para fazer o comentário tenho que provar ao blogspot que não sou um robô. rs

Juliana M. Black disse...

Não sei se começo a rir ou se choro. Quero cursar Jornalismo e já sabia que ia ser difícil o caminho, mas da forma como você colocou Duda... faz pensar em chorar, mas desistir nunca. To em duvida entre o curso de Publicidade e Propaganda, o que você aconselha? Adoraria bater um papo contigo e desmascarar algumas duvidas e ilusões, tem como?

Beijos, Juliana.

Duda Rangel disse...

Pri, boas descobertas.
João, a melhor disciplina de todas.
Li, é isso aí, pensando pelo lado positivo.
Ariel, valeu pelo esforço.
Juliana, me escreva no e-mail dudarangel2009@gmail.com.
Abraços a todos.

Anônimo disse...

Terceiro ano, uau, o tempo voa! Sabe que estou me achando mesmo! Putz, amo muito tudo isso! Você é uma grande inspiração, é isso aí, um abraço! Madelaine Vitoria.

★ •.★ disse...

Resumo do meu curso. Chega dói a saudade da turma. Muito bom o texto.

Erika disse...

Aah o segundo ano! Promessas de ler mais jornais, início das práticas, escolher o estágio qe paga metade do qe você ganhava... é, esse é meu segundo ano! rsrs

Beatnic disse...

1 mês de aula e estou adorando o curso :)

Duda Rangel disse...

Valeu, Madelaine.
*.*, essa é uma saudade boa.
Erika, legal pela identificação.
Beatnic, sucesso no curso.
Aquele abraço!

Phelype Gonaçlves disse...

Muito bom o texto. Muito de verdade. E sim, Jornalismo é para os fortes.

Fico muito contente com os linhas das prosas de você e é genial como escrevem com clareza, aproximação e, principalmente, sentimento.

Brilhante.

Phelype Gonaçlves disse...

Retificando:

Muito bom o texto. Muito de verdade. E sim, Jornalismo é para os fortes.

Fico muito contente com as linhas das prosas de vocês e é genial como escrevem com clareza, aproximação e, principalmente, sentimento.

Brilhante.

Duda Rangel disse...

Phelype, fiquei muito feliz com o teu comentário. Valeu mesmo. Grande abraço.

Luiz Henrique disse...

O importante é nunca desistir!

Estuda Jovem! Que tal dedicar um pouco para se preparar para o futuro e os estudos? http://estudajovem.blogspot.com

May disse...

é bem assim mesmo! Tô partindo para a última etapa :/ já chorei rios por não querer que acabe logo, mas também dá aquele alívio né?

Duda Rangel disse...

Luiz, vale se esforçar para não desistir.
May, o ser humano é um bicho esquisito mesmo...rs. Isso acontece com muita gente. Já aconteceu comigo também.
Abraços.

Danilo Moreira disse...

É desse jeito mesmo, Duda. E quando acaba, você sente MUITAS saudades de tudo (ou de quase tudo). Fora que a certeza que esses quatro anos concluídos foram apenas o começo de uma jornada profissional que ainda terá "muitas emoções". rs

Abraços e um ótimo 2014!

Duda Rangel disse...

Muitas emoções, Danilo, muitas. Valeu pela mensagem. Um ótimo 2014 pra você também. Abraços.

Madelaine Vitoria disse...

Agora quarto e último ano. Tudo passou rápido demais! Emoção e muita ansiedade. Pré projeto do TCC entregue, escolha do orientador, agora vai, falta pouco, fechando o ciclo, concretizando um sonho! Abraço!

Duda Rangel disse...

Madelaine, sucesso na reta final.