sexta-feira, 22 de março de 2013

20 riscos da vida de jornalista


1. Risco de pautas nebulosas e oscilações de humor no decorrer do dia.

2. Risco de desenvolver TJC (Transtorno Jornalístico-Compulsivo), como reler a matéria quinhentas vezes.

3. Risco de ser riscado do mapa pelo crime organizado.

4. Risco de encontrar uma bala perdida no meio de uma pauta.

5. Risco de ver anunciante escroto pedir sua cabeça numa bandeja.

6. Risco de ficar encalhado ou, pior, risco de casar com outro jornalista.

7. Risco de descobrir que seu filho – criado com tanto amor e carinho – também quer ser jornalista.

8. Risco de sofrer bullying dos colegas engenheiros.

9. Risco de tomar um pisão no pé numa coletiva lotada.

10. Risco de ser confundido com aquele repórter da Globo, que faz aquele programa, que fala daquele assunto, qual mesmo?

11. Risco de ficar com os dentes amarelos de tanto tomar café.

12. Risco de ficar com os cabelos brancos bem antes da hora.

13. Risco de contrair Estrelíase Aguda.

14. Risco de ter que entrevistar gente que só fala merda, como jogador de futebol e mulher-rã.

15. Risco de levar cantada de fonte.

16. Risco de ser atacado por algum engraçadinho num link de TV.

17. Risco de pés na bunda indesejados.

18. Risco de criar vínculo afetivo com o cheque especial.

19. Risco de enlouquecer ainda muito jovem.

20. Risco de curtir essa loucura.


Já comprou o livro do Duda Rangel? Conheça a loja aqui, curta, compartilhe. Frete grátis para todo o Brasil.


Curta a página do blog no Facebook aqui.

15 comentários:

Li Melo disse...

E é o risco que torna as coisas mais muito interessante, certo?

Flávio Dutra disse...

Esqueeu o pior dos riscos; ouvir do editor:"Essa matéria esta uma merda..."

Duda Rangel disse...

Li, muito mais interessante.
Flávio, obrigado pela contribuição.
Abraços.

Luane Caroline disse...

Por favor, me diga que o item 6 é um risco muito, mas muito pequeno de acontecer... :( hahaha

Duda Rangel disse...

Luane, infelizmente, não é um risco pequeno. É daqueles bem grandões :)

Aline Cristine disse...

Meu Deus... já tenho tantos cabelos brancos! ):

Renan Roque disse...

Risco de ser espancado pelos parentes do morto quando for cobrir o velório!

Cintia Mesojedovas disse...

Kkkkkkkk

O 9 e o 16 são mais do que riscos. São inevitáveis! :)

E que importam os 20 ou mais riscos?! Se aventurar pelo mundo jornalístico é a loucura mais prazerosa que existe... :)

Jéssica disse...

Tenho 21 anos e já pinto os cabelos de 15 em 15 dias por causa dos fios brancos, namoro um jornalista, já levei cantada de fonte, o neuro me indicou um psiquiatra... To ferrada!

. disse...

De todos, o sete me dá calafrio só de pensar...

Duda Rangel disse...

Sem os riscos, a vida de jornalista não teria tanta graça. Abraços.

Victor C. A. Carvalho disse...

"20. Risco de curtir essa loucura"
E então todos os outros riscos valem a pena.
Excelente post. Amo jornalismo e ainda com 16 anos quero entrar para o ramo, mesmo sabendo como é duro o trabalho. Mas fazer o que? Eu gosto...

Duda Rangel disse...

É isso aí, Victor, muito sucesso pra você!

Luana Silva disse...

Affz nada a ver, eu quero ser uma jornalista e teria muito orgulho de meu filho ou filha querer ser um jornalista e me casar com um....

Duda Rangel disse...

Oi, Luana. Cada um sabe (ou acha que sabe) o que é melhor para os seus filhos. Abraços.