segunda-feira, 18 de abril de 2011

Grandes obras da literatura sobre o jornalismo


Em busca do feriado perdido – Marcel Proust

Memória de minhas pautas tristes – Gabriel García Márquez

O processo (por calúnia, injúria e difamação) – Franz Kafka

A insustentável pobreza do ser – Milan Kundera

A vida de jornalista como ela é – Nelson Rodrigues

Textos de gaveta mofados – Caio Fernando Abreu

Editorial sujo – Ferreira Gullar

O encontro desmarcado – Fernando Sabino

Admirável emprego novo – Aldous Huxley

Crime e sensacionalismo – Fiódor Dostoiévski

O tempo e o fechamento – Erico Veríssimo

Histórias de anonimatos e de famas – Julio Cortázar

A profissão do desassossego – Fernando Pessoa

5 comentários:

TPM disse...

Muito bom.. kkkk Parabéns!

Iracema disse...

Inspiradíssimo, Duda!
bj

Aline Viana disse...

Muito bom!!!! "Memórias de minhas pautas tristes" é perfeito, rsrsrs

Casa de Mãe joana disse...

KKKKK, só você para me fazer rir!
muito bom mesmo! Parabéns

Duda Rangel disse...

Obrigado pelas mensagens. E boa leitura a todos!