quarta-feira, 24 de agosto de 2011

20 tipos de jornalista sem noção


1. Tem um espaço de 10 linhas, mas escreve 30. E, depois, fica uma hora cortando o texto para caber.

2. Acha que sabe tudo e dá ordens até para um jornalista mais experiente.

3. Vai a uma pauta que exige traje social com a mesma calça jeans molambenta que usa na redação.

4. Enche a cara de prosecco e dá vexame no vernissage chique.

5. Fica parado ao lado do entrevistado bem na hora em que os fotógrafos querem fazer uma foto só do entrevistado.

6. Conta piadas aos colegas e ri alto na cobertura de velórios e enterros.

7. Atende o celular no meio de uma reportagem ao vivo na TV.

8. Pergunta ao editor sobre o plantão do sábado ainda na loucura do fechamento da terça.

9. Acredita que a matéria sobre “pressão cambial” deveria ser feita pelo pessoal do jornalismo automotivo.

10. Revela todos os podres dos colegas da redação, inclusive os seus, para os motoristas do jornal.

11. Faz uma matéria-denúncia contra o maior anunciante de sua revista.

12. Na véspera da folga, diz ao chefe que vai passar o fim de semana de bobeira em casa.

13. Começa uma entrevista de forma tão agressiva que faz o entrevistado desistir da conversa.

14. Quando vai fotografar um cego, dá a seguinte orientação: “Olhando pra janela azul agora”.

15. Liga para o celular do entrevistado no almoço de domingo para checar se o sobrenome dele é com um “L” ou dois.

16. Antes de fazer a pergunta na coletiva, demora 20 minutos contando experiências pessoais, fazendo análises de fatos, coisas que ninguém está a fim de ouvir.

17. Dá de presente de aniversário para a namorada um relógio e esquece de retirar da caixa o adesivo “brinde para a imprensa”.

18. Queima uma fonte superimportante por não ter sido capaz de guardar um off.

19. Esquece de ligar para casa para avisar a mulher que está voltando mais cedo do pescoção.

20. Mesmo com 20 anos de formado, ainda acredita que vai ficar rico com o Jornalismo.


Já comprou o livro do Duda Rangel? Conheça a loja aqui, curta, compartilhe. Frete grátis para todo o Brasil.

24 comentários:

Anônimo disse...

Contar tudo para o motorista é sensacional! Como tem idiotas nessa profissão que faz isso todos os dias e ainda acha que o próprio motorista vai respeitá-lo por isso.

Thati Sestrem disse...

Hahahaah...a número 20 mesmo é ótima. Ficar rico com o Jornalismo nem em 100 anos hehehe

Beatriz disse...

É difícil de acreditar...Mas a última é boa...

Cíntia Teixeira disse...

Hahahah, genial... e eu me encaixo com perfeição na número 20 (a gente nunca aprende?)

Pabline Felix disse...

Definitivamente o tipo 1.

JD - João Damasio disse...

perfeito.. kkk, como sempre.

Rômulo Martins disse...

quem é que nunca cometeu um desses deslizes atire a primeira pedra rs

Tatyane Malta disse...

Meu Deus, juro que ainda acho que ficarei rica com o Jornalismo! hahua

Cida Leal disse...

Fiz a três.

Jean Carlos disse...

Muito bom! Kkk

K- disse...

Olá, sou paraense e estou aqui para divulgar o blog feito por alunos do 3° ano do ensino médio. O blog usa argumentos para a Não Divisão do Estado do Pará. Homens importantes da cidade, Castanhal, opinaram sobre o assunto. Estamos felizes por nossa atitude estar alertando algumas pessoas. O blog já é uma referência e esperamos ter o apoio de todos! http://castanhalparaunido.blogspot.com/
Abraços de Turma de Convênio do colégio MAC(movimento acadêmico castanhalense)

Lai Paiva disse...

kkkkkkkkk adorei. = )

Alini Fuloni disse...

rs.. ri muito aki com um colega de profissão - ele diz que trabalha em um verdadeiro pescoção! rs

É simplesmente fantástico!

Enumeramos vários desta imprensa do interiorrrrrr! Bebidas à vontade, closes para fotos!

Fantástico!!

Alini Fuloni disse...

Esqueci do 21:

Fica em casa assistindo sessão da tarde e volta à redação com a desculpa de que o entrevistado precisou viajar de última hora.

Valeu.. Adorei o blog!

Anônimo disse...

eu me encaixo na parte de escrever 30 linhas pra cortar depois pra 10, kkk
o pessoal na redação diz que eu como sopa de letrinhas, hahahaha

Debora....

Duda Rangel disse...

Todo jornalista tem seu dia de Joselito. Abraços a todos.

Amanda Medeiros disse...

Esses somos nós! Adorei seu blog!

CELSO PONTO COM disse...

Conheço uma pessoa assim kkkk

Duda Rangel disse...

Valeu, Amanda, volte sempre.
Celso, eu conheço várias.
Abraços.

Elsa Villon disse...

Eu só discordo de uma coisa: a matéria que denuncia o anunciante. Por mais sem noção que seja, se o cara está metido em maracutaia, saber e não dizer é concordar com ele.

Sim, ele paga, mas...

Duda Rangel disse...

Concordo, Elsa. Mas, infelizmente, certas práticas questionáveis são comuns no jornalismo. Infelizmente. Abraço.

renata disse...

o que acredita que vai ficar rico é o sem noção-mor!

Haydée disse...

Adorei a 17! ahah

larissa disse...

e pendar que o 7 já aconteceu de verdade... pqp!