sexta-feira, 25 de março de 2011

Bar de jornalista


Como hoje é sexta-feira, dia bom para encher a cara com os amigos no bar, decidi republicar este post etílico-jornalístico.

Bar de jornalista não tem frescura.

É boteco, botequim. Simples. Não tem hostess na porta. É só chegar, entrar, sentar. Em cadeiras gastas, bambas, sem charme algum. Sem conforto algum. As mesinhas, unidas, viram mesonas e invadem as calçadas. Não tem regras de etiqueta.

Bar de jornalista é tosco. De tão feio, vira cult. A decoração não é assinada por designers. Nas paredes, de pintura descascada ou azulejos velhos, pôsteres de peças de teatro e filmes dividem espaço com a tubulação de água aparente e avisos de “Não aceitamos cheque”. Ar-condicionado aqui não entra. Só ventilador. LCD é luxo. TV tem que ser de tubo.

Bar de jornalista tem cardápio escrito com giz em lousas ou em folhas de sulfite plastificadas, remendadas com durex. Não tem garçom de mau humor. Não tem carta de vinho. Tem cerveja. Em garrafa. Tem moscas que sobrevoam as latinhas de Coca-Cola. Tem porção de calabresa, mandioca, provolone. Coisa boa, de entupir artéria.

Bar de jornalista é barulhento. São vozes que se cruzam, que discutem cultura, política, filosofia, sacanagem. Maledicências. Lamentações. Neuroses. Planos para mudar de vida que nunca saem do guardanapo.

Tem mulheres que pegam batata frita com a mão, homens que não têm vergonha de cruzar a perna como o Caetano Veloso. Tem gente feia, bonita, pobre, não tão pobre assim, branca, preta, multicolor. Tem artista. Tem gay. Tem artista gay. Tem intelectual. Tem gente metida a intelectual. Tem cheiro de mijo que vem do banheiro. Tem vida.

Bar de jornalista não tem frescura. Se tiver, desconfie.

18 comentários:

*Fran.Uw disse...

Espetacular!
Jornalista e frecura não combinam. Bar com frescura, então...
Deixa esses para os arquitetos e advogados...

Essa tal Mixirica - azedinha disse...

Que delícia de texto!

Carolina Serpejante disse...

É a mais pura verdade! Bar de jornalista é assim, com vida de verdade. E cheio de cerveja.

Vou pro meu hoje hahaha

Anônimo disse...

q porcaria

Fernanda Oliveira disse...

Aqui em Minas, principalmente, praia de jornalista é bar... rsrs

Bicarato disse...

Caro Duda,
vimos por meio desta intimá-lo para que compareça ao Copoanheiros para prestar esclarecimentos pertinentes aos textos aqui publicados. Como prova, já registramos cópia desta última evidência no referido boteco.
Desnecessário esclarecer que V.Sa. arcará com os custos da ação (a.k.a. *a conta*).
Abraços.

Tita disse...

Texto delícia, sem pretensão e muito verdadeiro! Apesar de atualmente as coisas estarem mudando um pouco, este é o verdadeiro perfil do "bar de jornalista"!

@titajornalista

Ludmila disse...

e se encontrar por aí um jornalista com frescure... desconfie também. ^^

Ana Paula Gonçalves disse...

Arrepiei qdo li.

ET disse...

Adorei o texto.
Ei Fran.UW, sou advogada e gosto de ambientes assim. Isso de achar q td advogado é fresco e de cultura limitada ao convencional é senso comum. Então todo jornalista é um Willian Bouner? rsr Generalizar não é legal.
Abraço a tds

Raphael Perov disse...

haha adorei o texto
jornalista é caso sério!

Raquel Ramos disse...

Nossa! Amei! Amei muito. Seu blog é INCRÍVEL.

Raquel Ramos disse...

Amei MUITO. Seu blog é MARAVILHOSO. Sou muito apaixonada pelo jornalismo mesmo. Depois de ler tudo isso ainda quero, com todo meu ser, seguir essa profissão.
Parabéns!

sonhosentrepontinhos disse...

Oi querido, adorei seu blog e as postagens! =)
Beijos, Milla ♥

@sonhospontinhos
http://sonhosentrepontinhos.wordpress.com

Duda Rangel disse...

Agradeço as mensagens de carinho. E um brinde aos bares sem frescura! Abraços.

Felipe Cruz disse...

Aqui, no Estadão, esse bar atende pelo nome: Jhonny's Bar (assim mesmo, com o "h" antes do "o")

Christina Ferreira disse...

Ótimo retrato da gostosa realidade dos nossos botecos, caro colega jornalista! É verdade que não tem frescura, mas nunca faltou charme, existente nas boas conversas e na presença dos amigos. Não troco por nada!

Jorge disse...

O Cantinho do Hélio Chucro - Barra Funda -, preenche os requisitos.