quarta-feira, 9 de março de 2011

Receita para um programa sensacionalista


Ingredientes

1 apresentador egocêntrico e indignado com o mundo
10 minutos de deslizamento de terra com barraco soterrado
1 link de helicóptero com acidente de motoboy
1 menina violentada e esquartejada pelo padrasto bem picadinha
6 minutos de ex-BBB que cobra pensão de jogador de futebol
Uma pitada de suposto crime passional
Chamadas de texto na tela e músicas de fundo fortes (nada light)
Inverdades a gosto

Modo de preparo

Junte todos os ingredientes em uma reunião de pauta algumas horas antes de o programa ir ao ar. Reserve a menina esquartejada para o fim. No primeiro bloco, aqueça a audiência em fogo médio com o deslizamento de terra e o barraco soterrado. Sofrimento de gente pobre e críticas indignadas do apresentador às autoridades dão um sabor especial. No segundo bloco, adicione o link de helicóptero com um acidente bem fresco de motoboy na Marginal do Tietê (de preferência com o corpo ainda se contorcendo na pista) e uma pitada de suposto crime passional para dar mais consistência. No terceiro bloco, acrescente o caso da ex-BBB que cobra a pensão do jogador de futebol. No quarto e último bloco, salpique os pedaços da menina violentada e esquartejada pelo padrasto que estavam reservados. Misture mais um pouco de indignação do apresentador. Tempere o programa o tempo todo com chamadas de texto na tela e músicas de fundo fortes. Se ainda assim o programa ficar insosso ou a audiência esfriar, espalhe algumas inverdades, servindo-as imediatamente.

Rendimento

Pelo menos 6 pontos no Ibope.

15 comentários:

Taís Gomes disse...

kkkkkkkkkkkkkkkk Duda, vc não vale um centavo rsrs desculpa!!! Mas AMOOOOO seus textos!!! IBOPE puro esse pgm sensacionalista kkkk
bjos

Nana Espósito disse...

relamente... devia ter lido esse texto antes, aí teria passado com nota dez na oficina de televisão da faculdade!! ótimo blog, crítica perfeita para o jornalismo e expressão única de quem já acreditou no jornalismo (?). Estou com você!

qualquergordotemblog disse...

Eu quero iBAGENS, Cmdte Hamilton!

Renato Souza disse...

E está no ar mais um programa “MAU PRESSÁGIO”

Seu resumo diário de desgraças e notícias sem fundo verídico que não trarão absolutamente nenhuma informação para você.

Onde a emoção (Ibope) fala mais alto que a razão (Ética).

Victor disse...

Adorei a sacada do post, hahahah. Adoro ler o seu blog, abraço!

Laís Escher disse...

menina bem picadinha HAHAHA
aí que humor negro!
e o pior que eu me divirto com isso..
aaaah, texto ótimo. e realmente assim.

carlos homci disse...

Caro colega Duda, é claro que é dificil fazer um jornalismo sério, independente sem pressão e ainda ter que batalhar por bom salário. Mas esse é o Show que o público gosta, jornalismo senssacionalista.

Rogério de Moraes disse...

Essa receita não falha.

Álefe Souza disse...

Vixe. Pensar que minha monografia podia ser resumir nesse pequeno texto. rsrs (foi sobre o Brasil Urgente e desde então eu não consigo assistir mais ao programa sem enguiar). Sensacional. Bjs!

ROBERTINHO RIOS disse...

Receita do "Brasil Urgente" e do "Na Mira"? rsrs

Duda Rangel disse...

Olá, meu caros. Esta receita serve para muitos programas mesmo.
Renato, perfeita definição.
Carlos, concordo contigo: estes programas existem porque as pessoas adoram uma desgraça. E como adoram.
Agradeço a todos pelas mensagens. Abraços.

Thiago Vieira dos Santos disse...

Pode ser servido no desjejum entre novelas,diariamente.

Renan Falcadi disse...

faltou o nome da receita
"Brasil Urgente" kkk

Renan Falcadi disse...

faltou o nome da receita: Brasil urgente kkkex

Beatriz disse...

Este é o ingrediente principal do tubo infecto (a Marcelo Tas), que é a TV Brasileira. Uma oração diária a Santa Clara...