segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Documento secreto: como irritar um jornalista


Com a Lei de Acesso à Informação, textos sigilosos começam a vir à tona. O blog Desilusões perdidas obteve, com exclusividade, documento que ensina um entrevistado a provocar o repórter, só para deixá-lo desestabilizado (ainda mais do que ele já é) emocionalmente. Confira as orientações:

Dê um chá de cadeira de horas nele.

Convide-o para almoçar num restaurante caro, mas não pague a conta sozinho.

Peça para ler as perguntas antes da entrevista para verificar se estão bem-elaboradas.

Opte por monossílabos quando ele quiser respostas aprofundadas.

Fuja malufamente das polêmicas.

Responda uma pergunta com outra pergunta.

Elogie o doutor Gilmar Mendes, mesmo fora do contexto.

Diga que tem uma informação ótima e exclusiva e, logo depois, lembre que não está autorizado a contar.

Se ele estiver com pressa, fale com a rapidez de um Suplicy.

Dê menos atenção se ele não trabalhar na “grande imprensa”.

Quando estiverem conversando, enalteça o furo do principal concorrente dele.

Chame o jornal em que ele trabalha de jornalzinho.

Lembre que ele deve ser generoso na produção do texto, afinal você é um influente anunciante.

Pergunte quando vai sair a entrevista e se sua foto terá destaque.

Elogie mais uma vez o doutor Gilmar Mendes.

Peça para aprovar a matéria antes da publicação.

20 comentários:

MEL disse...

Mas, lembre-se, entrevistado, ele ocasionalmente pode falar mal de você, sem que fique muito evidente e o grande público o entederá rsrsrsrs

Carol disse...

Sem contar que ele pode falar para a "grande imprensa" da sua fama de irritador de jornalista. Né, Mel?!

JD - João Damasio disse...

é.. já fiquei irritadoooo arg. #tortura

ANDREA GODOY disse...

O mais triste é que essas dicas foram dadas por um JORNALISTA, um judas! Somente um colega nosso sabe o que realmente nos irrita.

Camila Diesel disse...

E tem aqueles entrevistados que deixam o repórter de "calças curtas". Escuta a entrevista que realizei na sexta-feira. Rendeu boas risadas aqui na redação. http://www.independente.com.br/player.php?cod=18726 Essa vida de jornalista me surpreende todos os dias.

Jornalista Alini Fuloni disse...

Pedir pra aprovar o texto é o pior, hein... Ta cheio de entrevistado por aqui q ainda acha q manda... Ninguém merece :@

Breno Barros disse...

Pedir pra ver a matéria antes de publicar? Senta lá!

Fran disse...

Esses dias me pediram para passar por email uma matéria para aprovação...hehehe. Fiquei na expectativa esperando a pessoa me cobrar, só para passar um carão nela! E a desgraçada não cobrou!

Rosana Pimentel disse...

Gente, socorro! Isso é muita crueldade...

Camila Carvalho disse...

"Fuja malufamente das polêmicas." Adorei o malufamente!
Fiquei irritada também.

Anônimo disse...

Perfeito! O pior que conheci vários deste tipo (principalmente políticos). Agora elogiar o Gilmar Mendes é demais! Nem amigo dele faz isso!

Duda Rangel disse...

Meus caros, se eu descobrir quem fez esta sacanagem com a gente, publico no blog, para um linchamento virtual.
Camila Diesel, parabéns pelo jogo de cintura. Não é fácil pegar um entrevistado desses pela frente.
Abraços a todos.

Anônimo disse...

Gente, fala sério! Isso é tão clichê que chega a ser sem graça.

Karine Sales disse...

Ou é só o entrevistado ser o Amarante do Los Hermanos...

Eduardo Fachetti disse...

Não escove os dentes antes da entrevista e vá se aproximando do rosto do repórter à medida que suas respostas forem se aprofundando. Se ele der um passo atrás, toque o ombro dele.

Tiago Medina disse...

Putz, já me irritei

Cathierine Hoffmann disse...

Já passei por pelo menos duas dessas situações.. haha

Unknown disse...

Ou, ainda, usar aquelas duas frases odiosas: "Sou assinante" ou "Sou amigo pessoal do _______" (insira aqui o nome do dono do jornal)

Unknown disse...

A parte do Gilmar Mendes é a melhor.... rsrs

Duda Rangel disse...

Existem mesmo muitas formas de irritar um jornalista. Por favor, não as espalhem por aí. Abraços.