sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Ajude um repórter


Repórter da revista Plástica & Recauchutagem procura mulher que já passou por inúmeras intervenções estéticas, mas que, pelo amor de Deus, não seja a Angela Bismarchi.

Repórter de revista médica procura pessoa com sonolência excessiva (matéria sobre distúrbios do sono), que consiga ficar acordada, pelo menos, durante duas perguntas.

Repórter procura desesperadamente telefone de fonte importante anotado onde mesmo?

Repórter de revista especializada em Comunicação procura cinco personagens para matéria “Fiquei rico sendo jornalista”. Mas aceita apenas três ou dois. Ok, um só já tá bom.

Repórter-fotográfico procura celebridade decadente, mas ainda gostosa, para fotos “superespontâneas” em praia carioca.

Repórter esportivo de rádio procura voz que sumiu após gritar gol do time do coração à beira do gramado.

Repórter de programa religioso procura mulher que pegou o marido com outra para depoimento sem aquela voz de pato.

Repórter, que já tem “que”, “quem”, “quando” e “onde”, procura urgentemente o “como” e o “por quê” para fechar o maldito lead.

Repórter divorciada e sem filhos procura fonte do sexo masculino, entre 39 e 50 anos, também sem filhos, heterossexual, para relacionamento jornalístico sério e algo mais.

Repórter, de saco cheio, procura barraquinha de cachorro-quente em ponto privilegiado.

Repórter diplomado que vai entrevistar o senador Collor procura advogado criminalista especializado em homicídios com requintes de crueldade. Para eventual necessidade.

12 comentários:

Gustavo Ferreira disse...

Repórter formado e/ou em formação procura um revólver pra descarregarem gente que ainda pergunta: pra quê diploma?

Eliane Santos disse...

rsrsrs, hilário.

disse...

É isso aí Gustavo Ferreira!

=)

Rogério de Moraes disse...

Pra quê diploma?

Savana Caldas disse...

Jornalista formada procura meios de convencer a família de que não tem interesse em trabalhar como repórter televisivo/apresentador.

Duda Rangel disse...

É isso aí, meus caros, o espaço está aberto para novos pedidos de ajuda. Abração.

Danilo Motta disse...

Repórter procura lógica em buscar personagens em redes sociais. (Ok, aqui é um post de humor, mas tem gente que faz isso SÉRIO...)

Camila Lourenço disse...

Hahaha.
O comentário do Gustavo fechou com chave de ouro o texto.
rs

Bjos, @cacau_mila

Duda Rangel disse...

Danilo, eu não vejo problema de um repórter buscar um personagem nas redes sociais, desde que os contatos sejam confiáveis. São canais de relacionamento. O problema é só depender destes canais para conseguir personagens. Abração.

Drielle disse...

Savana Caldas, preciso concordar... achar meios para a família não perguntar se você será a próxima Fátima Bernardes (mesmo que a Patrícia Poeta já tenha pego este cargo).

Eduardo disse...

como diria o Sílvio Santos: bem bolado!

Eduardo disse...

ah, e lembre-se: http://orebate-eduardoritter.blogspot.com/