sexta-feira, 28 de maio de 2010

Casar ou comprar uma bicicleta?


Emprego fixo ou frilas? Carteira assinada ou pessoa jurídica? SUS ou plano de saúde do sindicato? Rádio ou TV? TV ou impresso? Impresso ou Internet? Redação ou assessoria de imprensa? Esportes ou Geral? Política ou Economia? Cultura ou Internacional? Jornal diário ou revista mensal? Hard news ou qualidade de vida? Salário ruim ou salário péssimo? Jogar o diploma no lixo ou forrar a gaiola do passarinho com ele? Ir para as ruas fazer reportagem ou ficar preso na redação editando o texto alheio? Entrevista por e-mail ou por telefone? Por telefone ou pessoalmente? Bloquinho ou gravador? César Tralli ou Zé Bob? Publicar ou não publicar? Respeitar o off ou não respeitar o off? Mandar o chefe de reportagem que cassou a folga do fim de semana para a puta que o pariu ou para a casa do caralho? Pedir aumento logo de cara ou falar antes que recebeu uma proposta da concorrência? Colocar o jornal no pau quando for demitido ou ficar quieto para não se queimar no mercado? Começar a estudar Inglês mesmo depois de velho ou ligar o botão do foda-se? Plantão no Natal ou no Ano-Novo? Ficar no pescoção ou salvar o casamento? Jornalismo para sempre ou montar aquela pousadinha charmosa em Itacaré?

11 comentários:

Silvana Chaves disse...

Putz, escolhas muito difíceis... É fogo.

umfilmepordia disse...

Eu vou montar uma pousadinha em Itaparica/BA.

fernando disse...

Espero que um aluno meu que começou jornalismo este ano, não leia este post, creio que ele vai se desanimar, acho que poderia escrever algo parecido sobre ser professor.
www.neuroticoautonomo.zip.net

Anônimo disse...

Vc anda tão pessimista, ou rabugento...anyway rs. Gostava mais do duda de antigamente, quando citava o Nestor, o ap, a ex e o motoboy...man, deixa pra lá rsrs

Duda Rangel disse...

Confesso que tenho sido bem rabugento ultimamente. Mas prometo me esforçar para tentar melhorar. Ou seja, ficar um pouco menos ranzinza. Mas só um pouco. Abraços.

Sabrina Assumpção disse...

"Jogar o diploma no lixo ou forrar a gaiola do passarinho com ele?"
HAHAH essa foi triste meu caro!

Duda Rangel disse...

Sabrina, concordo que foi triste. O meu diploma, por exemplo, eu mandei plastificar e uso como toalinha para refeições rápidas.
Volte sempre ao blog! Beijo

Anônimo disse...

Botei a empresa no pau. E vou montar uma pousadinha.

vulto disse...

Uma pousadinha é a melhor alternativa de todas.

Guilherme César disse...

Dói demais ver a profissão indo para o ralo.....mas continue a lutar !!!

George W. O. Silva disse...

Ô, dúvidas cruéis!!! Você sempre colocando a gente no meio desses dilemas da profissão... Puta merda!