quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Imprensa Retrô 2010


Depois de longa agonia, desligaram os aparelhos do velho JB, tadinho. O titio William Bonner humanizou-se e virou sensação no Twitter. Teve repórter, que pautada pelo microblog, divulgou notícia falsa de uma corrida de cadeiras de rodas com Hebe Camargo no hospital. A Carolina Dieckmann nos ensinou o que é ser uma jornalista fake, mas muito fake. A campanha “Cala Boca, Galvão” ficou famosa na mídia internacional. Um monte de jornalista brasileiro foi assaltado na Copa da África do Sul. Dunga chamou o repórter da Globo Alex Escobar de cagão. O Felipão chamou repórteres esportivos de palhaços. O Tiago Leifert, acreditem, conseguiu ficar mais bonito que o Evaristo Costa. O jornalista Duda Rangel conseguiu atrasar o pagamento de apenas três meses de aluguel em todo o ano. A lésbica do BBB10 chocou papai e mamãe quando revelou para todo o Brasil que era jornalista. Pimenta Neves completou uma década de liberdade desde que matou a ex-namorada pelas costas. Armando Nogueira se foi. O Glauco também. Mas a jornalista Carolina Dieckmann, que tinha que morrer, não morreu. Até a ONG Repórteres Sem Fronteiras concordou com sua execução. O senador Romeu Tuma partiu desta para uma melhor (ou pior) um mês depois de a Folha.com ter antecipado sua partida. Chico Buarque cantou seus clássicos jornalísticos no blog Desilusões perdidas. O “rei” Roberto Carlos também. O Datena continuou chato. O Lula continuou atacando a imprensa. E sendo atacado. Vários veículos de comunicação viraram partidos políticos na eleição. O Estadão, ainda sob censura da família Sarney, demitiu colunista por “delito de opinião”. A Folha de S.Paulo tratou de acabar com a Falha de S.Paulo. Teve jornalista que se envolveu em quebra de sigilo fiscal e virou notícia na campanha eleitoral. Cid Moreira lançou sua biografia no mesmo ano em que Fiuk e Geisy Arruda lançaram as suas. Nunca se discutiu tanto liberdade de imprensa e controle de mídia sem se chegar a lugar algum. O jornalista Duda Rangel, pelo vigésimo ano consecutivo, não ganhou o Prêmio Esso.

15 comentários:

Margarida etc disse...

Paulo Beringhs disse a frase mais importante do jornalismo no ano. "Garanta sua salada que eu garanto meu bacon". #NOT

Gisele Gutierrez disse...

Ufa, visto dessa forma, 2010 foi um aninho agitado heim... rs

Bjosss

Jéssica Macêdo disse...

Olha compartilho, não o aluguel, mas o cartão de crédito. Este ano não atrasei mais que três meses de faturas do dito cujo. Saudações jornalísticas. #jornalistafeelings

vicente disse...

Lembrando que jornalistas como eu, a mando de políticos corruptos e com medo da verdade tentou censurar a voz da justiça, e então, manda sequestrar e torturar jovens e jornalista, por se meterem em seu caminho. Pai e Filho, prefeito e deputado (ainda), quanta discordia entre os filhos da puta que querem a ganância e cegos pela necessidade.

Tanda Melo disse...

..meu bolso abandonou o jornalismo...mas minha mente e coração, não!Seu blog não me deixa esquecer isso...rs..Abraços!

A viajante disse...

A fake jornalista Carolina Dickman vai morrer de parto, assim anunciou uma revista nada jornalística! Obaaaaaaaaa

Dina disse...

Duda, meu caro, vejo jornalista que escreve a milhas aquém da sua qualidade de texto ganhando prêmios a granel. Se tu não ganhas, deve ser preguiça de se inscrever em algum, hehe. Mas veja por outro lado: não ganhar prêmios evita de ser cooptado. Antes pobre e devendo no aluguel do que mal na fita, assim penso eu. Ou não.

Alexander Onça disse...

Tudo isso e muito mais: Aqui no Mato Grosso DO SUL, o colega jornalista Eleandro Passaia mal denunciou um forte esquema de corrupção na cidade de Dourados e já lançou um livro ¬¬

Rebelc disse...

Queira escrever minha restorpectiva pessoal de 2010, mas tenho medo da Televisa plagiar e fazer mais uma novela de sucesso do SBT...:(

Bangalô Cult disse...

Duda, que vc em 2011, ganhe o tão concorrido Prêmio Esso e continue inspirado desse jeito.
Bjs e Bom Natal

Suyene

Dany Mariah disse...

Feliz 2011 para nós todos Duda....

com muitos textos inspiradores(ou não rsrsrs) como o seu...

bjus

Camila Sol disse...

Duda...serio mesmo. Nao acredito que voce é desempregado. frustrato talvez...acho que todo jornalista é. Serio. Ainda quero te evr num ¨&$*&¨jornal que não faça da noticia uma mercadoria. Adorei os ultimos textos.

Laura Zschaber disse...

"O jornalista Duda Rangel, pelo vigésimo ano consecutivo, não ganhou o Prêmio Esso." Mas acho que fica melhor assim: "O jornalista Duda Rangel, pelo vigésimo ano consecutivo, injustamente, não ganhou o Prêmio Esso."

Duda Rangel disse...

Olá, amigos. Valeu pelas mensagens de incentivo. Esta foi a minha seleção de fatos inesquecíveis (e esquecíveis) da imprensa. Muitas outras coisas aconteceram em 2010. E vão acontecer até o dia 31. Ainda tenho esperança de que a Diana, da novela, morra no parto.
Abraços.

Marina Darmaros disse...

Melhor retrospectiva ever. Acho que vc devia ir atrás do sonho de infância e trabalhar só em dezembro.