sexta-feira, 6 de maio de 2011

Mãe de jornalista


Mãe de jornalista é mais preocupada do que todas as outras mães preocupadas do mundo. Meu filho, se for pro morro cobrir guerra entre polícia e traficante, não esquece de levar o colete à prova de balas, tá me ouvindo? Não quero filho meu pegando bala perdida por aí. Mamãe deixou o colete arrumadinho lá na sua cama.

Mãe de jornalista não tem noção da rotina do filho. Não, mãe, eu não tô na farra. Tô no pescoção, mãe. Isso, mãe, pescoção é trabalho. Pois é, mãe, jornalista trabalha até essa hora. Então, mãe, também não vai dar pra almoçar com a senhora no domingo. Vou estar de plantão. Por favor, mãe, não chora. Mãe?

Mãe de jornalista não entende o visual desleixado do filho. Há quantos anos você usa essa calça? E esse All Star todo sujo? A barba, meu filho, faz a barba! Parece um mendigo!

Mãe de jornalista adora comparar a filha jornalista com o filho médico. Você poderia muito bem ter feito como o seu irmão, o Pedro Paulo, e seguido a profissão do seu pai. Filha, aquele consultório o seu pai construiu pra deixar pra vocês dois! Ainda dá tempo de mudar, filha! Esquece essa coisa de lutar por um mundo melhor e faz como o Pedro Paulo.

Mãe de jornalista também tem orgulho da filha. Recorta tudo que é matéria publicada no jornal. Coleciona, mostra pra família, pras amigas invejosas. Ou fica sentadinha na frente da TV, joelhos colados, mãos sobre as coxas. Não perde um instante da entrevista da filha, com não sei quem, sobre sei lá o quê. Pela tela, faz cafuné na cabeça da moça. Os olhos num aguaceiro só.


Já comprou o livro do Duda Rangel? Conheça a loja aqui, curta, compartilhe. Frete grátis para todo o Brasil.


Curta a página do blog no Facebook aqui.

41 comentários:

Mariana Camargo disse...

lindo texto.
adorei!
mãe é igual mesmo, só muda de endereço.

Indaiara Oliveira disse...

Maisum ótimo texto Duda!
vou imprimir e dar em um porta
retrato para minha mãe!!! kk
pra ela sempre se lembrar que a profissão que escolhi é a melhor do mundo como ela (que é a melhor MÂE).. bjos e abços!!

Julian Cunha disse...

Hahahahaha!
É bem por aí mesmo! Minha mãe é um misto de todas essas! Tadinha... rs

JD - João Damasio disse...

Bom, acho que minha mãe num vai gostar de receber este texto de 'feliz dia das mães' né? rsrs.

Gutto disse...

Mãe.... Só tem uma!!!!

Leandro Silva disse...

Sensacional!

Thayara disse...

Amei, lindo texto e ainda incluo aí a minha avó, que sentava ao lado do rádio e ao invés de ouvir o que eu dizia, chorava o tempo todo e depois ligava pra dizer que amou o programa! Nós escolhemos a profissão e quem sofre é a mãe!!

Murillo disse...

Quando eu disse para minha mãe que ia prestar vestibular para jornalismo mainha disse: "Oh meu filho, porque você não cursa medicina para no futuro fazer umas plásticas em mãmae?"

Esse dia eu ri.

Lyd Ribeiro disse...

Me emocionei... E quando é mãe de assessor de imprensa?

Heloisa disse...

Olha só! Você conhece a minha mãe!!
Isso sem contar as saladas que preparam para os almoços que não temos. As resenhas dos acontecimentos familiares que perdemos e o orgulho quando não comparecemos porque estamos numa cobertura especial.

Ingrid Bravo disse...

Como sempre, maravilhoso.
Enxerguei a minha mãe em todas as ocasiões.
Elas morrem de orgulho da gente! Hehehe.
Parabéns, Duda!

E um Feliz Dia das Mães, claro.

Amábyle Sandri disse...

A-do-rei!! hahahaha

A parte do colete a prova de balas foi ótima! É assim mesmo!

"Não precisa voar de monomotor junto, filha! Depois assiste as imagens, pede pro cinegrafista te contar!!" "Pra que entrar no mato junto com a polícia? Precisa chegar tão perto dos bandidos?" hahahahaha

Tadinhas! Merecem o maior presente do mundo para toda eternidade: o nosso amor!! É claro,acompanhado de um pacote bonito!! rs

Polliana Araújo disse...

Minha mãe é igual a do último parágrafo, a fã orgulhosa. Ah! Ela também é tipo a do segundo parágrafo, vive reclamando do meu All Star :P

Ótimo texto, Duda!

Rosa Vermelha disse...

Parabéns Duda pelo texto que retrata tão bem o que é ser essa mãe desesperada, minha filha é extamente asssim e eu idem ...rsss

Pri disse...

Adoreeei o texto! Super me identifiquei, minha mãe recorta todas as minhas colunas! ahahahaha
Vou colocar ele lá no meu blog, devidamente linkado, é claro, pode?

beijinhos
http://www.deliriosdeconsumo.com/

Camilla Lima disse...

HAHAHAHAHA é isso messsssmo! E no final ainda diz: cadê, vai passar mais não? E você explica, pacientemente: Não mãe.. era só uma passagem! (e começa a explicar, pela 11224 vez, o que é uma passagem) Mães...

Helen Fernanda disse...

Minha mãe fica triste por não poder mais acompanhar meu trabalho porque não tem computador com internet em casa. Vou ter que providenciar para ela.

disse...

Perfeito!

Minha mãe me deu uma daquelas galochas de plástico, depois de eu acabar com dois 'all stars' cobrindo enchentes no meio do barro e afins.

hahaha

Papagaio Mudo disse...

você é mãe de jornalista, claro.
eu sou filho de jornalista...

bjos,


Gustavo

Ana Luisa disse...

E eu ainda pergunto se ela comeu direitinho!! Viram, mãe é tudo igual.É muito amor...

Laís Borges disse...

Pow Duda...acabei de chegar do trabalho e por coincidencia tenho uma irmã médica hahaha :)

bjs

Ney Pantaleão disse...

Que a profissão una nossas mães num só objetivo. Orar por nós! HAHA'
Feliz dia das mães

Marisol disse...

Baita texto... Identificação total comigo e com minha mãe. Ela acorda às 6h30 pra ver as participações ao vivo, conta pra todo mundo que tem uma filha que trabalha em TV... Até as ausências viram motivo de orgulho! Está de PLANTÃO, tadinha... hahaha AMO!!!

Larissa Souza disse...

Nossa!
Adorei o texto
Minha mãe é tudo isso e mais um pouco.
Fazia cobertura de polícia e quando fui para outra área ela disse: ô glória! Deus ouviu as minhas orações. kkkk
A gente escolhe a profissão e a mãe é que sofre

Michele Barros disse...

Hahahaha Muito bom o texto!

Me identifiquei muito com a parte do "minha filha, porque você não faz como seu irmão... ainda dá tempo... " rsrs Minha mãe vive falando isso pra mim!

Feliz dia das mães a essas mãezonas que nós jornalistas temos!!!

Ludmila disse...

eu escapo dessa pq minha mãe tbm é jornalista...

Amanda Carvalho disse...

É por ai mesmo! Depois de muito tempo que minha mãe entendeu que os eventos que eu cubro, não são farra! Mesmo pq no dia seguinte ela me vê acordando cedo pra ir importunar a imprensa com o pós evento... vida de assessora! =)

Luna Gandra disse...

Hahahahaha!
É verdade, morre de medo, mas no fundo tem orgulho.

Filipe disse...

A Lyd Ribeiro perguntou: "E quando é a mãe de assessor de imprensa?"

Posso responder pela minha: "Filho, o que você faz mesmo? Se formou em jornalismo, mas nunca te escuto no rádio, vejo na TV ou leio no jornal..."

Pois é, mãe. Meu trabalho é ficar no bastidores e colocar na vitrine o meu assessorado.

Feliz dia das mães, um pouco atrasado!

Duda Rangel disse...

Muito obrigado pelas mensagens e pelo carinho de sempre. Abraços, meus caros. E um beijo especial a todas as mamães.

Luciana Martinez disse...

Hahaha... muito bom! :o)

Mãe Vera Lúcia disse...

Nossa! Como me senti retratada nesse texto. Mãe é igual mesmo, em todos os cantos do mundo. Obrigada Duda!

Duda Rangel disse...

Oi, Vera Lúcia. Fico feliz em saber que você se identificou com o texto. Um abraço.

Anônimo disse...

Belo texto. Faltou ainda, depois de virar a noite na redação: "Filha, não vai dormir no ônibus, senão você vai parar no ponto final" rsrs
Ah, outra dúvida: Eu queria entender o que é essa "relação" do jornalista com o "all star"? É um apego muito grande. Quando você limpa, ouve até uma bronquinha: "Não precisava limpar mãe!" rsrs

Duda Rangel disse...

Não sei te explicar esta relação, só sei que All Star limpinho demais fica muito sem graça mesmo.

Flavia disse...

Isto mesmo,eu sou com orgulho, um pouco de disto tudo em relação a minha filha Flora Pinheiro e sua profissão de jornalista.

Luane disse...

Que lindo o texto Duda, adorei!
É realmente isso o q acontece!
Parabéns..

Duda Rangel disse...

Flavia e Luane, obrigado pelas mensagens.

Patrícia Cordeiro disse...

Minha mãe fazia o povo mudar o canal nos bares, salões de beleza da vida se estivesse passando o jornal na hora em que ela estivesse no lugar. Êta!

Duda Rangel disse...

Patrícia, mãe é mãe, em qualquer lugar. Beijo.

Letícia disse...

Esta sou mesmo eu......
Mãe de Jornalista sofre gente, vcs estão vendo uma pequena amostra neste texto ,de nossa luta, nossas angustias, anseios, enfim...é isso mesmo.

Mas vou lhes confessar:
Tenho muito orgulho de ter uma linda e excelente jornalista como filha.

Luana Lazarini...vc e MARAVILHOSA !!!