sexta-feira, 20 de maio de 2011

A luta continua


Três amigos, três estudantes de jornalismo, os líderes da chapa vencedora da eleição do diretório acadêmico.

João: A gente precisa ver essa parada de gestão revolucionária que prometeu pra galera. Logo vão cobrar. Ganhamos por causa da porra da revolução.

Paulo: É, as pessoas vão querer saber da revolução!

Diego: Mas que revolução a gente vai fazer mesmo?

João: Então, cara, é isso que a gente precisa pensar agora.

Paulo: Tem que ser algo que mude a vida dos estudantes!

(Silêncio)

Diego: Já sei, véio! Vamos lutar contra o abuso do valor das mensalidades!

João: Porra, Diego, tá louco? A gente estuda numa universidade pública. Esqueceu que você não tá mais num colégio de playboy?

Paulo: Que merda de revolucionário você é, hein?

Diego: Pô, galera, confundi. Foi mal.

(Silêncio)

Paulo: Se vocês quiserem, posso falar com um tio jornalista. O cara é velho, lutou contra a ditadura, apanhou, foi preso, essas paradas todas. Ele deve entender alguma coisa de revolução.

João: A gente tem que pensar no que os jovens de hoje querem.

Paulo: Mas os jovens de hoje querem alguma coisa?

João: Devem querer, sei lá.

Paulo: Diego, cê tá muito quieto, cara. Tá com medo de falar outra merda?

Diego: Véio, tô pensando numa revolução maneira!

João: Já sei! Vamos lutar por liberdade!

Paulo: Liberdade? Você não consegue nem se libertar dos seus pais! Disse que iria morar sozinho, fazer festa todo dia. Que moral você tem pra lutar por liberdade?

João: Porra, cara, é que eu ainda não tenho grana. Mas quando rolar um trampo, me liberto dos velhos.

(Silêncio)

Diego: Na boa, véio, essa parada de revolução é chata pra caralho! A gente precisa mesmo definir isso agora?

João: Agora, agora, não. Mas a gente não pode esquecer. Lembrem-se: somos futuros jornalistas. Se a gente não fizer as próximas revoluções, quem vai fazer?

Paulo: Verdade.

Diego: Tá certo.

(Silêncio)

Diego: Bom, já que não vai rolar revolução agora, que tal a gente jogar um playstation? Tô com o Pro Evolution Soccer 2011 aqui.

Paulo: Sério? Caraca! Champions League?

Diego: Champions League, véio. Liga a TV aí.

Paulo: Eu vou ser o Manchester!

João: Sou o Barcelona!

Diego: Tá maluco, João? Eu sou o Barça!

João: Mas nem fodendo. Eu sou o Barça!

18 comentários:

. disse...

Muito bom! Mas acho que nesse mesmo nível, o diálogo dessa gurizada rola mais sobre como fazer um mestrado para se tornar professor.Parabéns pelo blog. Leitura obrigatória e divertida!

Leandro Silva disse...

Dou boas gargalhadas com seus textos! Estou viciado já...
Esse ficou ótimo. Adorei a sutileza com que tratou do assunto. Muito bom!

JD - João Damasio disse...

kkkkk... ah, para né cara... os textos desse blog simplesmente adivinham minha vida jornalística... ta... perai que vou ali jogar um play.. agorinha penso no que esse texto pode fazer pra revolução no diretório acadêmico da minha facul.. kk

Camilla Lima disse...

HAHAHAHA Sei nem se cabe uma risada nessa situação.. maaans... Muito boa sacada Duda, como sempre!
Acho que num proximo post vou esculhambar vc.. só p variar desses posts melosos... hauahuahauhau Só elogios! ;) #maisquemerecido

Ana Júlia disse...

Perfeito como sempre!!!!!! Bah, é triste, mas hj em dia já consigo rir da desgraça...Parabéns!

Germano Ribeiro disse...

Pelo menos eles não resolveram invadir a reitoria!

TPM disse...

Muito boa, acho que eles já podiam fazer uma revolução neles mesmos, né?
bOm fds
TPM

Duda Rangel disse...

Paulo Otávio, Leandro, João, Camilla, Ana Júlia, Germano e TPM, obrigado pelas mensagens. Abraços a todos.

ana disse...

Adorei seu blog passei aqui pq sempre entro no da Thalita e adorei!beijos

Dalmo Oliveira disse...

Show de bola!

La Juissance disse...

Hilario mas totalmente veridico! Amei!

Duda Rangel disse...

Oi, Ana, está convidada a voltar mais vezes. Dalmo e Marcia, abração procês.

Fernanda Batista disse...

Muito bom, seus textos são ótimos.
Com este então, cheguei a visualizar algumas pessoas que representam muito bem este papel.

Duda Rangel disse...

Valeu, Fernanda. Fico feliz em saber quando alguém associa os textos à nossa realidade. Beijos.

Microsaver disse...

Simplesmente a realidade, por mais incompreensível que pareça! Parabéns pelo excelente texto

Duda Rangel disse...

Microsaver, muito agradecido pelas palavras. Abração.

Rosi Rodriques disse...

Grandeeee Duda. Leio e compartilho. Vc está cada vez melhor! Faz nossa "sofrida" profissão bem mais divertida. Parabéns pela texto. Realmente, acho que os jovens de hoje vivem um momento de comodismo. Lutar pelo quê, quando já se tem tudo???

Duda Rangel disse...

Oi, Rosi. Muito obrigado pela mensagem. Grande abraço.